Formações 2022

O Ges.TO – Grupo de Estudos Profundos de Terapia Ocupacional, tem a missão de preservar, desenvolver e difundir a Obra do Prof. Rui Chamone Jorge, Terapeuta Ocupacional que propôs e fundamentou a Psicoterapia Ocupacional. No intuito de aprimorar, aprofundar, ensinar e atualizar os saberes relativos aos fundamentos e a aplicabilidade da Psicoterapia Ocupacional como abordagem na Terapia Ocupacional, neste ano de 2022, vai oferecer módulos de estudo que vão possibilitar uma imersão na compreensão do ‘fazer’ humano em diferentes níveis: discutindo e fundamentando a aplicabilidade do ‘fazer’ na atenção ao ajudado, de acordo com a Teoria Chamoneana; e discutindo sobre o ‘fazer’ em diferentes temas e áreas contemporâneas na Terapia Ocupacional.

Os módulos são abertos a estudantes e profissionais interessados em conhecer e estudar a Psicoterapia Ocupacional. Exceto o Módulo 4, que é exclusivo para os associados do Ges.TO; estes são os promotores das Formações Continuadas oferecidas e participam de todos os encontros.

Módulo 1

ESTUDO DA EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO DE RUI CHAMONE JORGE

Fundamentar a atuação do Terapeuta Ocupacional a partir do referencial de Rui Chamone Jorge, compreendendo a visão totalizante da Terapia Ocupacional desenvolvida por ele, e o papel do terapeuta ocupacional nesta abordagem, a partir do estudo de duas importantes obras: ‘Chance para uma Esquizofrênica’ e ‘O Objeto e a Especificidade da Terapia Ocupacional’.

Inscreva-se!

Módulo 2

DIÁLOGOS OCUPACIONAIS

Debater temas, teorias, pesquisas e práticas e suas possíveis conexões com a obra de Rui Chamone Jorge. Discutir temáticas contemporâneas e estabelecer diálogos entre diferentes autores, pesquisadores e práticas nas suas aproximações e distanciamentos da proposta Chamoneana.

Inscreva-se!

Módulo 3

GESTÃO DO GRUPO

Gestão do Grupo. Momento de viver a intimidade do grupo através do cuidado das demandas internas e externas, construção, execução, monitoramento e avaliação do planejamento estratégico do grupo, além da prestação de contas e eleição.

Exclusivo para associados do Ges.TO*.

Estes associados são os promotores das formações oferecidas e participam de todos os Módulos.

Associe-se!

Desafios

Muitos Terapeutas Ocupacionais que não são reconhecidos em sua atuação profissional, têm dificuldade de se diferenciar em uma equipe multiprofissional e de conhecer a especificidade do seu ‘fazer’ e o de outros profissionais que utilizam a atividade humana como tecnologia de cuidado/ recurso terapêutico.

Outro grande desafio, consiste em compreender o Discurso Ocupacional – o que nosso cliente/usuário comunica a si mesmo e aos outros, através do seu ‘fazer’. É comum os Terapeutas Ocupacionais se confundirem neste ponto, pois usam a atividade como ‘meio’ para desencadear a fala, priorizando o discurso verbal. Desconsideram, assim, toda a preciosidade da intenção materializada através da ação de ‘fazer’ e seu resultado.

Perde-se o Discurso Ocupacional, muitas vezes por não se saber o que observar, o que fazer com o que foi realizado pelo outro; ou por não se dar valor a ele. São situações que trazem angústia, insegurança e dificuldade de estabelecer a identidade profissional perante si mesmo, os colegas e o serviço onde se atua. E os profissionais acabam por se afastar da profissão por causa disso.

Você não precisa se distanciar da Terapia Ocupacional para mudar essa situação.

O Ges.TO, há mais de 33 anos, vem formando profissionais para atuarem na Terapia Ocupacional. A proposta desenvolvida por Rui Chamone Jorge oferece arcabouço teórico profundo para a compreensão ampla da relação do ser humano com as atividades, e como elas podem ser usadas em todas as áreas de atuação do terapeuta ocupacional com vistas ao autoconhecimento e ao desenvolvimento de consciência crítico reflexiva, autonomia, protagonismo e participação social.

Isso é para você se…

Você é daqueles estudantes ou profissionais que não se acomodam e buscam:

AMPLIAR sua fundamentação sobre o fazer terapêutico ocupacional;

APRENDER sobre o manejo clínico nas diversas etapas do processo terapêutico;

QUALIFICAR sua compreensão sobre o discurso ocupacional do cliente/ajudado;

ASSOCIAR-SE a outros profissionais à fim de discutir e trocar vivências e experiências,

ATUAR dentro da especificidade da Terapia Ocupacional, diferenciando-se de outros profissionais que também se utilizam a atividade como recurso terapêutico.

 

 

Benefícios

Veja, abaixo, o que o estudo de cada um dos Módulos proporcionará:

Evolução do Pensamento de Rui Chamone Jorge
  • Ampliar a compreensão da realidade do ajudado (indivíduo, grupos ou comunidade) a partir da relação que este estabelece com o próprio fazer;
  • Ampliar as bases de compreensão do Discurso Ocupacional;
  • Compreender o papel do Terapeuta Ocupacional nesta abordagem, na observação e no manejo do fazer;
  • Compreender o raciocínio profissional a partir da visão da Psicoterapia Ocupacional;
  • Solidificar a identidade do Terapeuta Ocupacional, refletindo sobre o seu próprio ‘fazer’ como profissional que usa a atividade como recurso terapêutico.
Diálogos Ocupacionais
  • Debater temáticas contemporâneas – Ciência Ocupacional, Trabalho como recurso terapêutico, Nise da Silveira, Direitos Humanos: Psicoterapia Ocupacional e Terapia Ocupacional; Terapia Ocupacional e Gerontologia; Corpo, Arte e Terapia Ocupacional; Arte, Criatividade, Liberdade, Estética…
  • Estabelecer diálogos entre diferentes autores, pesquisadores e práticas nas suas aproximações e distanciamentos da proposta Chamoneana.
Gestão do Grupo
  • Avaliar e coordenar os movimentos grupais;
  • Acolher os integrantes em suas percepções e necessidades;
  • Planejar, monitorar e avaliar as ações desenvolvidas pelo grupo;
  • Cumprir objetivos Estatutários e do Planejamento Estratégico.

 

 

Encontros Mensais

Cada um destes Módulos ocorrerá, em geral, a cada 4 semanas e possuem10 encontros cada.

DIA DOS ENCONTROS

às segundas-feiras

HORÁRIO

de 19 às 21:30 horas

LOCAL

plataforma Zoom

MATERIAL

para cada Módulo é disponibilizado previamente a referência do material, para possibilitar o estudo e sistematização de dúvidas pelos participantes para participação nas discussões.

Junte-se a nós!

A insatisfação deixa margem para a continuidade, para o prosseguimento, para a persistência, para o desdobramento. (Mario Sergio Cortella)